Governo quer reduzir preço do gás de cozinha pela metade

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, nesta terça-feira (9), que o governo planeja reduzir o preço do gás de cozinha pela metade em um período de dois anos. A ideia, de acordo com ele, é quebrar o monopólio da Petrobras no refino e na distribuição.

A declaração foi dada ao participar da 22ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, em Brasília. O ministro disse que o monopólio é o responsável pelo alto preço do produto.

– Daqui a dois anos, o botijão de gás vai chegar na metade do preço na casa do trabalhador brasileiro. Vamos quebrar esses monopólios e vamos baixar o preço do gás e do petróleo com a competição – ressaltou.

No evento, o ministro também voltou a defender a importância da reforma da Previdência. Ele disse ainda que o governo pretende simplificar alguns tributos para fazer “o Brasil crescer”.

– Vamos baixar, simplificar, reduzir impostos para o Brasil crescer. É a reforma tributária. Primeiro, vamos pegar três, quatro, cinco impostos e fundir em um só. Vai chamar Imposto Único Federal – apontou.

Guedes também defendeu um aumento na divisão dos recursos para estados e municípios. De acordo com o ministro, “hoje, 65% é da União, 35% de estados e municípios. No futuro, 70% tem que ser de estados e municípios”.

0 Comentários