Conselheiro Tutelar de Trindade sofre ameaça de morte


Gilvan Andrade, membro do Conselheiro Tutelar do município de Trindade, sofre ameaças de morte um dia após o 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data em que é realizada mobilizações em todo País contra a violência sexual.

Segundo informações repassadas a nossa redação, o conselheiro recebeu uma Denúncia por telefone na madrugada do dia (19), dando conta que nas proximidades do Posto Freire na rua Rui Barbosa, Vila Saraiva, havia três crianças trancadas e sozinhas em casa, de imediato, ao averiguar a Denúncia, chegado ao local, foi constatado que de fato as crianças estavam sozinhas.

Gilvan, pediu para que uma das crianças lhe acompanha-se até a residência da avó, que foi solicitada pelo conselheiro que fosse até a delegacia. No entanto, ao chegar na delegacia Civil de Trindade, não foi possível registrar o caso, pois, os agentes estavam em operação na cidade.

Ao retornar a casa da avó das crianças, o genitor de uma das crianças chegou com sinais de embriagues, o qual começou a arrastar a criança dizendo que a levaria a força, momento em que ameaçou o Conselheiro Gilvan Andrade que de imediato acionou a polícia militar.

Com a chegada da polícia Militar, o acusado já havia se evadido do local. Vizinhos informaram aos policiais que ele estaria no bairro São Geraldo, após diligências, foi localizado e encaminhado à Delegacia Civil local com as partes envolvidas, na ocasião foi lavrado um B.O por ameaça.

O Conselheiro informou ainda que vai encaminhar o caso ao Ministério Público para que sejam tomadas todas as medidas cabíveis. A genitora das crianças não foi localizada.

0 Comentários